“Nunca mais eu bebo”: entenda o que é a ressaca

Imagino que esse não seja o assunto que você mais gostaria de ler em uma quarta-feira de cinzas, logo após o carnaval. Mas, para algumas pessoas (quem sabe até mesmo você) esse pode ser o momento adequado para compreender o que são esses sintomas desagradáveis e o que realmente está relacionado com a sua ocorrência, além do beber, é claro!

ressaca-carnaval

A ressaca é como uma síndrome de abstinência decorrida de um uso exagerado do álcool. Ou seja, são sintomas de desconforto físico e mental experimentados após a interrupção do uso de uma droga, no caso o álcool. Basicamente, podemos dizer que nosso corpo não reage bem à ingestão de grandes doses de álcool e trava uma batalha para conseguir eliminá-lo após o ter metabolizado. Esse é um esforço principalmente do fígado. São sintomas comuns da ressaca: dor de cabeça, náusea, vômitos, fraqueza, dificuldade para dormir e diarreia.

ressaca-cao

Bebidas destiladas causam mais ressaca?

Normalmente sim! Essas bebidas normalmente possuem maior concentração de álcool e, ingeridas em um menor espaço de tempo,  pode ser uma receita perigosa.  Além do que, bebidas destiladas são mais rapidamente absorvidas pela corrente sanguínea.

Algumas pessoas tendem a passar mal com mais facilidade e ter ressacas mais frequentes do que outras. Desconsiderando-se a quantidade de álcool ingerida, normalmente essa maior propensão a apresentar tais sintomas se deve a fatores genéticos e também à tolerância ao álcool. 

Como prevenir a ressaca?

Alguns conselhos já amplamente disseminados podem ser bastante eficientes:

  1. Cuidado com a quantidade de álcool ingerida: bebidas destiladas possuem um teor alcoólico normalmente muito alto, o que pode te fazer mal. Além disso, conheça seu corpo, entenda seus limites e não os ultrapasse mesmo com bebidas fermentadas.
  2. Esteja bem alimentado e tente comer também enquanto estiver bebendo. Isso diminui os picos de álcool no sangue e aumenta a glicemia.
  3. Se hidrate com frequência. A água dilui o álcool e facilita o trabalho para seu corpo, além de prevenir a desidratação gerada em função da maior necessidade de micção promovida pelo álcool.

“Tomar uma” rebate a ressaca?

Pode aliviar os sintomas a curto prazo, mas pode ser bem prejudicial logo em seguida. Como a ressaca é uma reação de abstinência, o álcool pode diminuir essa reação e te fazer se sentir um pouco melhor. Mas, o outro lado da moeda é que a reação de abstinência no dia seguinte pode ser ainda mais intensa.

E a ressaca moral, passa bebendo?

Infelizmente, não (Rsrs). Para ela melhorar precisamos de tempo para revisarmos nossas atitudes e aprendermos com os nossos erros.

macaco-ressaca-600x323

De qualquer modo, vale o alerta! O uso excessivo de álcool (esporádico ou frequente) é perigoso e pode ter consequências graves, inclusive o óbito. Portanto, se for beber, beba com moderação!

Quer comentar ou tirar mais dúvidas? Poste-as nos comentários!

Para conhecer mais do nosso serviço, clique aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s